Episódio 07: Ciclo de Vida do Colaborador

Assista:

Leia:

Ciclo de Vida do Colaborador

Olá, meu nome é Thais Fernandes, sou especialista de metodologia na Pin People, e esta é a EX Academy, iniciativa de educação sobre o tema de Employee Experience no contexto do futuro do trabalho.

Segundo uma pesquisa realizada pela Gartner, 46% dos colaboradores não estão satisfeitos com a sua experiência no trabalho e 20% estão parcialmente satisfeitos. Ou seja, mais da metade dos colaboradores avaliam que a sua experiência poderia ser melhor. E o que acontece quando essa experiência no trabalho é boa? Os dados de uma pesquisa, realizada pelo MIT, mostram que as empresas podem atingir o dobro de satisfação com seus clientes e o dobro de inovação. Além de aumentar seus lucros em 25%, quando comparadas a empresas que não oferecem uma boa experiência.

O ciclo de vida do colaborador é um modelo utilizado para visualizar como os colaboradores engajam na empresa em cada momento específico da sua jornada. Esse ciclo se inicia na atração e retenção de talentos, olhando a experiência do candidato, passa para o Onboarding de novos colaboradores, o desenvolvimento da jornada do colaborador, aqui na Pin chamamos esse momento de Journey, e o Offboarding, com o ciclo se encerrando com a saída do colaborador. Além disso, existem outros momentos que também importam para o colaborador durante o seu ciclo de vida, esses momentos podem ser positivos ou negativos, e impactam significativamente a experiência.

Temos alguns exemplos, como a licença a maternidade e paternidade, o aniversário de empresa e a transição de carreira. Esse é um conceito que veio da área de Customer Experience como "momentos da verdade", que são pontos da jornada do cliente que vão determinar a decisão de compra ou aquisição de serviço. Na visão do RH, o colaborador se engaja com a organização nos momentos que importam. A partir da identificação desses momentos, o RH pode agir de forma estratégica para melhorar a experiência no trabalho.

Apesar dos benefícios de mapear a experiência e considerar o ciclo de vida do colaborador, esse ainda não é um processo comum nas organizações. Dados levantados pela Gartner, mostram que apenas 16% das empresas pesquisadas, estão considerando os momentos que importam. Enquanto, 56% disse estar se planejando para isso. Ser voltado para a experiência é considerar uma melhoria contínua, para que o colaborador se engaje com a organização em cada ponto de contato existente.

Sua organização já está focada no ciclo de vida do colaborador e nos momentos que importam?

Fique com a gente para aprender mais sobre Employee Experience. Até a próxima!

Escute pelo Spotify: