Episódio 08: Conexão de Estratégia e Objetivos Organizacionais a EX

Assista:

Leia:

Conexão de Estratégia e Objetivos Organizacionais a EX


Olá, meu nome é Thais Fernandes, sou especialista de metodologia na Pin People e esta é a EX Academy, iniciativa de educação sobre o tema de Employee Experience no contexto do futuro do trabalho.

Segundo uma pesquisa realizada pela Deloitte, 80% da liderança considera a experiência do colaborador importante, com o Brasil aparecendo em primeiro lugar no ranking entre os países. Apenas 22% dos respondentes consideram que as empresas estão fazendo um bom trabalho na construção de uma  experiência diferenciada para o colaborador. E 59% dos líderes que participaram dessa pesquisa ainda afirmaram que não estão prontos ou, de alguma forma, não se sentem preparados para enfrentar o desafio de Employee Experience.

Entender e aprimorar a experiência do colaborador no ambiente de trabalho, é fundamental para enfrentar esse contexto atual de competitividade global. É necessário tornar Employee Experience uma prioridade organizacional. A estratégia de EX deve estar alinhada com a estratégia da empresa. É importante que a marca e os objetivos da organização estejam claros, que hajam um entendimento sobre o propósito da organização e qual é a nova cultura que se deseja criar.

A experiência do colaborador deve refletir a identidade da organização. É muito comum vermos empresas com uma estratégia clara e voltada pra experiência do consumidor. O que a gente precisa entender é que priorizar e investir na Experiência do Colaborador é também investir na Experiência do Cliente. Colaboradores que possuem uma experiência positiva, irão gerar uma experiência positiva para os clientes, porque eles estarão engajados com o propósito da organização.

A Gallup mostra que com 80% dos colaboradores sentindo que seu trabalho são importantes, se identificando com a missão e com o propósito da organização, obtém-se resultados muito positivos. Como uma redução 51% na absenteísmo, 64% menos acidentes de trabalho e uma melhoria de 29% na qualidade do serviço. Um exemplo atual é a Ford, que está passando por uma transformação com a missão de tornar a vida das pessoas melhor, mudando a forma como o mundo se move.

Essa transformação da empresa tem um foco na ação e na expansão dos negócios, e esses desafios também se conectam com transformar a experiência das pessoas que trabalham lá. Com o RH buscando soluções inovadoras e oferecendo experiências que melhorem a vida dos colaboradores. Viu como a estratégia de Employee Experience caminha junto com a Estratégia organizacional? Fique com a gente para aprender mais sobre Employee Experience. Até a próxima!

Escute pelo Spotify: