Episódio 11: Personas de Colaborador

Assista:

Leia:

Personas de Colaborador

Olá, o meu nome é Frederico Lacerda e esta é a EX Academy, iniciativa de educação sobre o tema de Employee Experience no contexto do futuro do trabalho.

Quando as empresas pensam sobre a Experiência dos seus clientes, elas se perguntam profundamente sobre quem são os seus clientes, não necessariamente quais os seus nomes, mas como eles são, o que valorizam, como se comportam, entre outras características. Da mesma forma, quando falamos sobre a Gestão de Experiência do Colaborador, um aspecto fundamental é conhecer quem são os nossos colaboradores.

Então, podemos considerar que as pessoas que trabalham na nossa empresa são iguais, ainda mais se tivermos nos esforçando a construir uma empresa diversa. Mas, mesmo que esse não seja o caso, existem diversos aspectos que, de uma forma ou outra, criam diferentes grupos ou Personas de Colaborador. Por isso, é importante entendermos o que são Personas e como utilizar essa poderosa ferramenta no contexto de Employee Experience.

Persona do Colaborador, ou no inglês, Employee Persona, é a representação de um segmento específico de colaboradores que trabalham na nossa empresa, incluindo aspectos como dados demográficos, padrões de comportamento, motivações, entre outros. Da mesma forma que é utilizada pelas empresas pra agrupar diferentes segmentos de clientes e projetar produtos e soluções de forma mais assertiva, a ferramenta de Persona é essencial para humanizar a percepção a respeito dos colaboradores. Ajudando a entender que tipo de organização devemos construir para atender as expectativas e necessidades de diferentes pessoas.

Criar uma Employee Persona pode ser desafiador, especialmente para organizações maiores. Afinal, existem potencialmente diferentes personas dentro de uma empresa. Imagine o cenário de termos um estagiário em seu primeiro emprego trabalhando ao lado de uma gerente com mais de 10 anos de casa. Ainda que eles dividam o mesmo departamento, o mesmo ambiente de trabalho e os mesmos espaços físicos, só o tempo de casa de cada um deles já torna suas necessidades e expectativas e, consequentemente, as suas experiências individuais completamente diferentes.

Apesar de desafiador, o exercício de criação de Persona de Colaborador é fundamental para desenharmos uma boa jornada para os colaboradores. Por isso, a gente deve começar de forma simples, com um numero reduzido de personas e considerando aspectos obvios que diferenciam as pessoas, como perfil de profissional, função de liderança e não liderança e tempo de casa.

Mas mesmo que comecemos simples, o maior desafio ao se criar uma Employee Persona é conseguir fazer uma representação fidedigna de quem os colaboradores realmente são, e não de como queremos que eles sejam. Ou seja, precisamos criar uma representação real, com suas qualidades e defeitos e não com a nossa visão do Colaborador ideal.

Fique com a gente para aprender mais sobre Employee Experience. Até a próxima!

Escute pelo Spotify: